Coletânea

terça-feira, novembro 09, 2010

 

Citações sobre a soberania divina e a responsabilidade humana

Se eu encontro em algum lugar da Bíblia o ensino de que tudo está predeterminado, esse ensino é verdadeiro; se eu encontro, em outro lugar nas Escrituras, que o homem é responsável por todos os seus atos, isso é também verdade. E é somente a minha estupidez que me leva a imaginar que essas duas verdades podem contradizer uma à outra. Não acredito que ambas possam ser soldadas em uma bigorna terrena, mas certamente serão uma só na eternidade. (C. H. Spurgeon, sermão A Defense of Calvinism)

Autores da Bíblia, tanto no AT quanto no NT, têm, em geral, menos problemas com a tensão entre a soberania de Deus e a responsabilidade humana que muitos modernos. Não porque não consigam distinguir finalidade e conseqüência, como muitos afirmam, mas porque não veem a soberania divina e a responsabilidade humana como antíteses. Em resumo, são compatibilistas e, portanto, justapõe ambos os temas com pouca consciência do problema (cf. Gênesis 50:19-20; Jz 14:4;. Isa 10:5-7;.. Hag 01:12 -14; Jo 11:49-52). (D.A. Carson, The Gospel of Matthew)

Além da imutabilidade e da invencibilidade dos decretos de Deus, a Escritura ensina claramente que o homem é uma criatura responsável e responderá por seus atos. E, se os nossos pensamentos são formados a partir da Palavra de Deus, conservar a noção de um lado não vai levar à negação do outro. É evidente que há uma real dificuldade em definir onde um termina e o outro começa. Isso é sempre o caso quando há uma conjunção entre o Divino e o humano. (A. W. Pink, The Attributes of God)

Assim como os trilhos de um trem correm paralelos e parecem se fundir no horizonte, as doutrinas da soberania de Deus e da responsabilidade do homem, que parecem separadas nesta vida, irão se unir na eternidade. Nossa tarefa é não forçar a sua fusão nesta vida, mas mantê-las em equilíbrio e viver em conformidade com elas. (Joel R. Beeke, Feed My Sheep)

Ainda que afirme tanto a soberania de Deus quanto a liberdade e a responsabilidade moral dos homens, a Bíblia nunca tenta explicar essa relação. (Jerry Bridges, Trusting God)

As Escrituras reconhecem tanto a soberania de Deus quanto a livre-agência e a responsabilidade do homem. Nossa própria consciência nos assegura do segundo ponto. A natureza de Deus prova o primeiro. A Bíblia não faz nenhuma tentativa para reconciliar a ambos. (James P. Boyce, Systematic Theology)

Abrace o paradoxo entre a soberania de Deus e a responsabilidade do homem. É triste que alguns abracem a soberania de Deus sobreposta à vontade humana para dizer: “É errado descrever Deus com os braços estendidos, chamando, convidando.” E que outros abracem a responsabilidade do homem para argumentar: "Se Deus nos chama e convida repetidamente, não pode de fato ser soberano sobre a vontade do homem, e o homem realmente é, em última análise, autodeterminado; assim, Deus não está no controle de todas as coisas.” Ambos são tristes erros. Tristes, porque um grupo rejeita algo profundo e precioso que Deus revelou sobre Si mesmo para que tivéssemos força e esperança, alegria e amor – a saber, sua absoluta soberania. Oh, quão doce é quando tudo em torno de nossa alma abre caminho, e precisamos de uma pedra firme e confiável em um mundo que às vezes parece totalmente fora de controle, cruel e sem sentido. Oh, quão doce é sabermos nesses momentos que Deus não é bom e indefeso, mas sim, bom e soberano. E o outro grupo (dos que abraçam a soberania de Deus), por vezes rejeita algo crucial para a compreensão da justiça de Deus ao lidar com pessoas, sem perceber o quanto precisamos implorar, persuadir, convidar e conquistar pessoas com lágrimas, para Cristo, e em nome de Cristo. (John Piper, “How Shall People Be Saved?”)


Comments:
Bom dia,

Conhece a posição de Vincent Cheung sobre esse assunto? Se sim, o que acha a respeito?

Att. Leonardo
 
Parabéns pelo post!
Abraços,
Ale.
 
Postar um comentário

<< Home

Archives

Junho 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Fevereiro 2006   Abril 2006   Junho 2006   Julho 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Março 2007   Abril 2007   Novembro 2010   Julho 2013   Outubro 2013  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?